Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceicao - foto Geraldo Magela Tannus - baixaO mês de janeiro será dedicado ao jazz e ao blues na estância climática de Cunha, quando visitantes e moradores serão embalados pelo ritmo e a melodia incomparáveis destes gêneros que surgiram nos Estados Unidos e conquistaram fãs e seguidores no mundo inteiro. Prova disso é o grande número de brasileiros talentosos que despontam no cenário musical. E, e entre os dias 3 e 25, a nata destes artistas estará reunida em Cunha para comandar espetáculos e oficinas musicais.

O Festival começa às 21h do dia 3 de janeiro, com o show de Paulo Meyer, um dos pioneiros do blues no Brasil, que, acompanhado pela banda The Thunderheads, tocará clássicos do gênero e do Rock and Roll, além de composições próprias. Na programação também estão previstas apresentações de nomes de peso como Ricardo Baldacci Trio, Celso Salim & Rodrigo Mantovani e Big Chico, que completa 15 anos de carreira e se destaca como um dos melhores gaitistas de blues do país. Além do show, programado para 5 de janeiro, o artista também comandará oficinas musicais nos dias 20, 21 e 22 sobre blues e, claro, gaita.

Já entre 6 e 8 de janeiro, os interessados poderão participar dos workshops musicais com Adriano Grineberg e, nos dias 23 e 24, os fãs da guitarra terão a chance de aprender mais sobre este instrumento e sobre o blues com Edu Souza. As oficinas acontecerão no Espaço Cultural Elias José Abdalla (Rua Dom Lino, nº 113 - Centro).
Confira a programação completa em www.cunha.sp.gov.br e www.facebook.com/secretariadeturismodecunha?ref=hl.
Cunha está localizada no Alto Vale do Paraíba e fica distante 232 quilômetros de São Paulo. De clima temperado e seco, no inverno as temperaturas podem chegar a valores negativos durante as madrugadas. Estância climática desde 1948, Cunha também é uma cidade com ampla infraestrutura turística, com dezenas de pousadas e restaurantes para todos os gostos e bolsos.

email